Algo Mais sobre o Contestado


Algo mais sobre o Contestado


Como catarinenses tecemos algumas considerações sobre a Questão do Contestado e desdobramentos.
Muito já se falou no tema, contando a história sob diversos ângulos. Geralmente, para a população, uma história é contada pelos vencedores, pelo menos na historiografia oficial. Nunca é pelos vencidos.
Os principais agentes da guerra eram os "jagunços", nome dado a exemplo de elementos do episódio de Canudos, acontecido em outro ponto do país. Eram também os militares, os governos, os proprietários de terras, a população civil e os vaqueanos, peões contratados pelos fazendeiros para sua defesa.
Nos dias de hoje, os descendentes dos chamados jagunços, oprimidos, ou injustiçados contam a história de outra maneira. São muitos deles, nos dias de hoje, professores ou estudantes universitários, desenvolvem trabalhos de pesquisa e podem esmiuçar os fatos e descobrir as verdadeiras causas do conflito.
Este é um lado bom dos fatos - o resgate e não só a mágoa, a miséria ou o atraso de vida que tiveram muitas famílias.
A Universidade do Contestado tem uma disciplina específica para estes estudos em todas as suas unidades.
Alguns municípios elaboram monumentos, realizam palestras, exposições, peças teatrais e festividades resgatando a saga do Contestado. Caçador se destaca com seu Museu Histórico, Geográfico e Antropológico.
Outro fator positivo que merece registro é o fato de que a população do Contestado é congregada, aprendeu a solidariedade e desenvolveu o espírito de cooperação. É gente aguerrida e briosa, sejam os descendentes do caboclo pardo do contestado ou os descendentes dos fazendeiros.
É gente unida e batalhadora que serve de exemplo para outras regiões do país.
sinira@globo.com             Junho de 2009

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rio Itajaí do Norte. Papanduva

A Cidade de Papanduva

Dr. NATANIEL VIUNISKI - Nutrólogo - Palestra em Curitiba